Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Haste De Uma Flor

"Não te acostumes com o que não te faz feliz, revolta-te quando julgares necessário. Enche o teu coração de esperança, mas não deixes que ele se afogue nela."

Haste De Uma Flor

"Não te acostumes com o que não te faz feliz, revolta-te quando julgares necessário. Enche o teu coração de esperança, mas não deixes que ele se afogue nela."

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Change

Estou a viver num mundo de pernas para o ar. Tudo o que parecia impossível acontecer antes do Verão começar agora é a minha normalidade. A vida das minhas amigas está diferente, a minha vida está diferente, as nossas mentes estão diferentes. Todos os dias acontecem pequenos eventos que radicalizam o nosso futuro, certamente há três meses atrás não sabia que iria estar perto de saber o que é o amor, não sabia que iria dar o meu primeiro beijo, não sabia que escândalos quase que destruíam o meu círculo de amizade, não sabia que iria finalmente apostar em mim mesma, não sabia que iria ser mais feliz, mais minha, mais livre. Releio textos que escrevi anteriormente no blog e não me consigo relacionar com a rapariga que os escreveu. Três meses que se assemelham muito no seu íntimo a apenas três horas rescreveram o meu futuro. É engraçada a mudança, vem sempre quando não nos apercebermos dela, sorrateira como o Pai Natal quando entrega os seus presentes à meia noite na noite de Natal, ela mesma é o nosso Pai Natal da vida, entrega os seus brinquedos quando estamos a dormir ou pelo menos fingimos que estamos. Esta onda na qual mergulho agora eventualmente irá enrolar, rebentar e com o seu fim outra me receberá, não anseio por isso mas também não o rejeito. Só espero que a maré não se incline para um lado mais negro, ganhei afeições pelo seu lado mais claro, leve. É continuar a mergulhar, é continuar a mudar, a ser, esperar pelo próximo mundo de pernas para o ar já que este se normalizou.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D