Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Haste De Uma Flor

"Não te acostumes com o que não te faz feliz, revolta-te quando julgares necessário. Enche o teu coração de esperança, mas não deixes que ele se afogue nela."

Haste De Uma Flor

"Não te acostumes com o que não te faz feliz, revolta-te quando julgares necessário. Enche o teu coração de esperança, mas não deixes que ele se afogue nela."

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Bocados

Escrevo sempre com um largo período de tempo entre os textos. Raramente escrevo dois ou mais por mês e se o fizer a maioria continua no memorando do meu telemóvel. Saudade. Palavra forte. E na minha opinião, um bocado como o amor, cada um a descreve da maneira que a experiencia. Existem dois tipos de saudades. Existe a boa e existe a má. Um pouco como o anjo e o diabo. Aquela saudade de quando olhamos para memórias antigas e ficamos a pensar nelas o resto do dia eu meto na categoria dos anjos. São essas que nos dão aqueles grandes desejos, que nos consomem, de poder voltar atrás no tempo e reviver uma data de momentos. Desse género não me importo eu de ter (talvez só um bocadinho). As da categoria do diabo são aquelas saudades que nos agoniam a alma, são as más lembranças, saudades do que nunca mais poderemos ter, como pessoas que partiram. Essas deixam-me em cacos. (In)felizmente poucos foram os casos em que senti essas. Cinco minutos antes de começar a escrever para aqui estas palavras estive de volta de fotografias de dois mil e quinze. Foi o melhor ano da minha vida. Posso afirmar isso com muita (mas muita) clareza. A vida era mais simples, os problemas eram menos e consequentemente a felicidade era maior. Saudade. É só o que me passa pela cabeça. Aquela de querermos dar bocadinhos disto e daquilo para podermos voltar atrás. Só por um simples minuto. E cá continuo eu, a estudar para mais um rigoroso teste de avaliação de matemática e a fazer uma pausa para escrever uns quantos bocados de palavras.

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D